Hortas Biológicas e a integração de alunos com multideficiências

Hortas Biológicas e a integração de alunos com multideficiências

Objetivo

Pretende-se que o espaço da horta biológica seja um motor de aproximação com outros alunos da escola que, por vezes, manifestem curiosidade pelas tarefas que aí se irão desenvolver.

O espaço destina-se ao desenvolvimento de atividades com os alunos que frequentam as Unidades de Multideficiência do 1º e 2º Ciclo e a da Unidade de Ensino Estruturado 2/3 Ciclos. O espaço de cultivo foi concebido para permitir a circulação de alunos em cadeira de rodas e a realização de tarefas no espaço de cultivo sem necessidade de sair das mesmas ou de entrar dentro do espaço de cultivo.

Quem tratará das hortas serão os alunos das Unidades de Multideficiência do 1º e 2º Ciclo e da Unidade de Ensino Estruturado 2/3 Ciclos sob orientação dos professores de Educação Especial e assistentes operacionais.

Os produtos da horta serão normalmente utilizados nas atividades culinárias desenvolvidas com os alunos.

Número de participantes

29

Descrição

A horta existe há 8 anos a funcionar na estufa da Escola Sede. Porém só há dois anos tem sido assegurada pelo grupo de docentes de educação Especial e assistentes operacionais das Unidades Especializadas para Apoio à Inclusão de Alunos com Multideficiência e Surdocegueira congénita do 1º e 2º/3º Ciclo e Unidade de Ensino Estruturado do 2º/3º Ciclo.

Este ano letivo 2017/2018, a horta biológica alargou-se ao espaço exterior da mesma escola.

A horta a funcionar na estufa tem a área aproximada de oito m2.

A horta a funcionar no exterior terá aproximadamente trinta m2

Cada uma das três Unidades envolvidas no projeto será responsável por uma parcela da horta, pelo aproveitamento desse espaço e manutenção do mesmo. A constatação da necessidade de realização de tarefas de manutenção será feita mediante a visita regular à horta e observação da mesma. As tarefas serão orientadas pelos professores e assistentes operacionais que acompanhem os alunos e procurem que, no âmbito das suas capacidades e limitações todos se envolvam nas tarefas a realizar (mesmo que por pequenos períodos de tempo).

Na horta exterior solicitou-se a colaboração de um jardineiro da comunidade, para revolver a terra e prepará-la para serem feitas as respetivas sementeiras.

 

Avaliação/impacto

Os produtos da horta serão normalmente utilizados nas atividades culinárias desenvolvidas com os alunos. Estes têm gostado imenso das atividades que estão a desenvolver quer nas hortas biológicas (dentro e fora da estufa) quer nas atividades de culinária. Demonstram grande empenho e interesse pelo desenvolvimento das mesmas. Quanto aos outros alunos que frequentam a escola têm aceite melhor a integração destes alunos que apresentam multideficiências e inclusive mostram interesse em ajudá-los nestas atividades.

No respeitante às famílias, estas serão convidadas a envolverem-se nas atividades desenvolvidas com os seus educandos. Solicitar-se-á a sua colaboração com o fornecimento de algumas sementes e plantas.

Escola Básica e Secundária Gama Barros | Sintra
Educação de qualidade - Objetivo 4Igualdade de género - Objetivo 5Reduzir as desigualdades - Objetivo 10
Eco-Escolas
Publicado a

26/11/2017

Submeter um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *