Greve Climática Global — 27 setembro 2019 • Escola Básica da Gafanha da Nazaré #fazpeloclima #ecoescolasfazpeloclima #ecoschools #globalactiondays

Greve Climática Global — 27 setembro 2019 • Escola Básica da Gafanha da Nazaré   #fazpeloclima #ecoescolasfazpeloclima #ecoschools #globalactiondays

Objetivo

Assinalar a Greve Climática Global com ações positivas em prol do ambiente.

Número de participantes

325

Descrição

Após a receção do email da ABAE no dia 25 de setembro, a Escola Básica da Gafanha da Nazaré aceitou o desafio para assinalar a Greve Climática Global.

Nessa mesma manhã, todas as turmas da escola começaram a ensaiar a letra da música “Sing for the climate” nas aulas de Inglês, Educação Visual, Educação Tecnológica e Educação Musical, no sentido desta ser cantada em coro no dia 27 de setembro no átrio exterior da escola. Estes momentos de ensaio deram origem à tradução da letra para Português e a breves debates sobre a Crise Climática que vivemos.

Em Educação Visual e Educação Tecnológica, realizou-se um painel XL com a letra da música, recorrendo à reutilização de papel cenário e à impressão manual com carimbos. O mesmo foi colocado no átrio no dia 27, para que todos pudessem seguir a letra.

Entretanto, constitui-se uma Brigada de 26 alunos voluntários e representantes de todas as turmas (2 alunos por turma), a qual entrou em ação no dia 27.

No dia 27, logo pela manhã, a Bandeira Verde foi colocada a meia haste e assim se manteve até final do dia 30.

Às 9h30, a Brigada reuniu-se e procedeu à sementeira de aromáticas e hortícolas. Posteriormente fez uma ronda de limpeza pela escola onde recolheu os resíduos que se encontravam nos espaços exteriores.

Às 10h30, todos os alunos, professores e funcionários reuniram-se no átrio e cantaram em coro “Sing for the Climate”.

Nas aulas de Português e de Oficina de Leitura, foi lido e analisado o texto de Maria Conceição Vicente, “O pirilampo”.

 

Avaliação/impacto

O impacto desta atividade, apesar de englobar apenas pequenas ações positivas, foi significativo e colocou toda a comunidade educativa a pensar a Crise Climática e procurar soluções/estratégias para minimizar os prejuízos.

O envolvimento de todos foi imediato, eficaz e ninguém disse “não”. Em apenas dois dias toda a escola se mobilizou para que fosse possível assinalar desta forma a Greve Climática Global.

Escola Básica da Gafanha da Nazaré | Ílhavo
Educação de qualidade - Objetivo 4Igualdade de género - Objetivo 5Ação Climática - Objetivo 13
Eco-Escolas
Publicado a

04/10/2019

Submeter um comentário