Global Action Days 2019 – Visita à Estação Litoral da Aguda

Global Action Days 2019 – Visita à Estação Litoral da Aguda

Objetivo

Assinalar o dia da terra Sensibilizar os alunos para as questões relacionadas com a sustentabilidade dos oceanos e das espécies a eles associadas Consciencializar os alunos para a importância de uma alimentação saudável, variada e sustentável, tendo em conta as premissas da produção local e da sazonalidade. Embuir os alunos do espírito de consciencialização para os resíduos que são libertados nos espaços públicos e naturais Despertar o sentido de voluntariado e serviço à comunidade Promover o espírito de equipa e de convívio saudável Promover a utilização de meios de transporte menos poluentes  

Número de participantes

20

Descrição

Este ano o dia da Terra foi assinalado antes das férias da Páscoa.

Na última semana de aulas, a turma do 1º TRCP-A realizou uma visita de estudo à Estação Litoral da Aguda.

Foram observados alguns dos peixes e mariscos presentes na nossa costa.

Seguidamente foi feita uma caminhada nos passadiços junto às dunas para observação da flora autóctone.

Seguiu-se um showcooking de caldeirada de raia e arroz cremoso de favas do mar com queijo S. Jorge DOP na “Cultura Curto Espaço”.

Antes ainda do almoço, e enquanto a caldeirada suava, um dos confrades da Confraria da Caldeirada de Peixe e Camarão de espinho presenteou os alunos e professores com uma palestra sobre pesca sustentável e tradições gastronómicas de Espinho.

Depois do almoço de partilha, alunos e professores assistiram a uma palestra dinamizada por Lixo Zero Portugal e Cultura Curto Espaço cujo foco foi a necessidade de moderar a utilização de plásticos para preservar o equilíbrio dos ecossistemas.

Para reforçar este propósito foi organizada, na praia, uma recolha e contagem de plásticos.

Os resultados foram surpreendentes.

Avaliação/impacto

Esta ação foi importante sob os seguintes pontos de vista:

Educação para a sustentabilidade na medida em que os alunos foram sensibilizados para a importância da preservação das espécies, nomeadamente, das espécies marinhas (fauna e flora) presentes na costa litoral portuguesa

Educação e prevenção rodoviária, uma vez que os alunos se deslocaram em transportes públicos e aplicaram conceitos de convivência na via pública

Educação para a igualdade de género, pois foi permitida a colaboração e participação de alunos de ambos os géneros, de igual forma

Educação do consumidor, na medida em que os alunos foram alertados para a necessidade desenfreada de consumismo das sociedades cosmopolitas, em detrimento de hábitos de consumos mais comedidos

Educação para o risco, uma vez que os alunos foram alertados para os perigos que a população pode incorrer quando os resíduos perigosos estão depositados a céu aberto, como numa praia

Educação para o voluntariado, pois os alunos foram incentivados a participar numa campanha de recolha de resíduos de plástico de uma praia

Educação para a saúde, através da promoção de uma alimentação saudável, variada, proveniente de produção local e sazonal

O Global Action Days 2019 foi assinalado fora de portas. Porque todos os locais são bons para aprender boas práticas. #epidh

Publicado por Ana Raquel Caldas em Sexta-feira, 26 de abril de 2019
Escola Profissional Infante D. Henrique | Porto
Erradicar a fome - Objetivo 2Saúde de qualidade - Objetivo 3Educação de qualidade - Objetivo 4Igualdade de género - Objetivo 5Água potável e saneamento - Objetivo 6Cidades e comunidades sustentáveis - Objetivo 11Produção e Consumo Sustentáveis - Objetivo 12Ação Climática - Objetivo 13Proteger a Vida Marinha - Objetivo 14Proteger a Vida Terrestre - Objetivo 15Parcerias para a Implementação dos Objetivos - Objetivo 17
Eco-Escolas
Publicado a

01/05/2019

Submeter um comentário