“Global Action Day” na escola E.B. 2,3 de Gualtar, Braga

“Global Action Day” na escola E.B. 2,3 de Gualtar, Braga

Objetivo

O “Global Action Day” é uma iniciativa de organizações ambientais como a ABAE (Associação da Bandeira Azul da Europa), Eco-Escolas e a FEE (Fooundation for Environmental Education– Fundação para a Educação Ambiental), que tem como objetivo que cada escola celebre, durante um dia, com um determinado conjunto de actividades, e conforme sugere a tradução do nome do próprio projeto, o dia de ação global, um dia para agir e relembrar tudo o que tem sido feito a nível da proteção ambiental nas escolas envolvidas no projeto.

Número de participantes

200

Descrição

Celebrou-se, no dia 20 de Novembro, o “Global Action Day” na escola E.B. 2,3 da freguesia de Gualtar, concelho e distrito de Braga.

No “Global Action Day” da escola de Gualtar, e nas atividades que este envolveu, estiveram presentes vários alunos de toda a escola, as professoras responsáveis pelo projeto, Fátima Gaspar, Raquel Malheiro, Fátima Sá, a diretora da escola,  Prof.ª  Caetana Filomena, a diretora do agrupamento de escolas Carlos Amarante, Prof.ª Hortense Santos, a presidente da associação de pais da Escola de Gualtar, Drª Isabel Braga e também, o vereador do ambiente da Câmara Municipal de Braga, Dr.º Altino Bessa,  a engenheira Cristina Costa da Câmara Municipal de Braga, Pelouro do ambiente.

Em Gualtar, o “Global Action Day” tinha como principal atividade, a produção de “granadas de sementes”, mas que infelizmente devido às más condições climatéricas  tiveram de ser canceladas, mais propriamente adiadas. ( pois estava tudo preparado para ser desenvolvido no átrio exterior da Escola)

As “granadas de sementes” são pequenas esferas, elaboradas através de uma semente à escolha, argila, terra, água e sementes de tremocilha ou leguminosas. Procede-se à mistura destes componentes, e, depois, forma-se uma esfera, com tamanho aproximado ao de um ovo. De seguida, as granadas são armazenadas numa caixa, e, alguns dias depois, podem ser lançadas num terreno apropriado, para que depois, preciosas árvores ganhem vida.

Seguidamente, procedeu-se ao hastear da bandeira “Eco-Escolas” 2017-2018, que foi mais uma vez atribuída à escola pela organização de mesmo nome, e que é, no fundo, um certificado do trabalho ecológico levado a cabo por esta e pelos seus alunos, durante o ano lectivo anterior. A cerimónia teve lugar no átrio interior da escola, e a ela assistiram todos os participantes do “Global Action Day”.

Enquanto a bandeira se erguia pelas mãos de um dos alunos envoltos no projeto, o coro da escola, com alunos do 5º ano, e sob a coordenação da professora de educação musical Ana Paula Matos, brindava os presentes com a interpretação do hino escolar. No final, discursou o vereador do ambiente da Câmara Municipal de Braga. As palavras de todos foram de parabenização pelo feito conquistado, e de incentivo, para que os alunos continuem o seu trabalho, em busca de um mundo mais sustentável.

Em suma, este foi um dia de celebração e de relembrar tudo aquilo que a escola tem feito pelo ambiente. Após as atividades e os discursos, chegou-se ao consenso de que a escola E.B. 2,3 de Gualtar, os seus alunos e professores, estão de parabéns por todo o seu trabalho, e, com certeza, não irão baixar os braços neste ano letivo. São, por isso, um exemplo vivo de como ajudarmos a natureza, e salvarmos a geração futura de um padrão de uma enorme e catastrófica, insustentabilidade ambiental.

 

Avaliação/impacto

Atividade muito positiva e motivadora para a Escola continuar a ser uma Eco-Escolas.

 

Escola Básica de Gualtar - Agrupamento Carlos Amarante | Braga
Educação de qualidade - Objetivo 4Proteger a Vida Terrestre - Objetivo 15
Jovens Repórteres para o AmbienteEco-Escolas
Publicado a

30/11/2018

Submeter um comentário