“Dia Mundial da Bolota” – 10 de novembro de 2017 na EB2,3/S José Silvestre Ribeiro de Idanha-a-Nova

“Dia Mundial da Bolota” – 10 de novembro de 2017 na EB2,3/S José Silvestre Ribeiro de Idanha-a-Nova

Objetivo

Criação de Bolotário no Laboratório de Ciências Naturais com os alunos de 9º Ano da Escola EB2,3/S José Silvestre Ribeiro de Idanha-a-Nova

Número de participantes

24

Descrição

No dia 10 de novembro de 2017, assinalando o “Dia Mundial da Bolota” os alunos de uma turma de 9º Ano durante a aula de Ciências Naturais realizaram um percurso pedestre até à Tapada do Sobral para observar os sobreiros e seu habitat, bem como para falar sobre outras árvores cujo fruto/semente são as bolotas (Ex.: Carvalho negral e Azinheira) e sua importância enquanto espécies autóctones portuguesas. Em seguida procederam à sementeira de bolotas de sobreiro, azinheira e carvalho em pequenos vasos. Por fim levaram os vasos até ao Laboratório de Ciências Naturais onde colocaram os vasos em tabuleiros, criando assim um “Bolotário”. Durante o ano letivo irão acompanhando a germinação e desenvolvimento das plantas, cuidando delas, até que no Outono de 2018 possam transplantar as árvores que nasceram para a Tapada do Sobral e substituir as árvores secas/doentes e/ou aumentar o números de árvores presentes. A atividade foi dinamizada pela técnica do Serviço de Ação Educativa do Município de Idanha-a-Nova responsável pela Educação Ambiental, com a colaboração de duas professoras de Ciências Naturais da escola e em parceria com o Geopark Naturtejo – Geoparque Mundial da UNESCO. Durante o mês de novembro, a atividade do Bolotário será alargada a outras turmas da Escola.

Avaliação/impacto

Positiva uma vez que os alunos e professoras participaram ativamente na ação e poderão partilhar novos conhecimentos e sensibilizar também as suas famílias.

Município | Idanha-a-Nova
Cidades e comunidades sustentáveis - Objetivo 11Ação Climática - Objetivo 13Proteger a Vida Terrestre - Objetivo 15Parcerias para a Implementação dos Objetivos - Objetivo 17
Eco-Escolas
Publicado a

14/11/2017

Submeter um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *